Skip to content

Primeiros passos

junho 12, 2006
by

Pra quem ainda tá começando no scrap digital ou nem sabe do que se trata, aqui vai um mini-tutorial, do tipo “primeiros passos”. Acho que é uma boa forma de começarmos nossas atividades por aqui.

Quero deixar bem claro que eu não sou nenhuma profissional, tipo a Carlinha, que já fez vários cursos e esbanja sabedoria por aí. Sou uma principiante avançada, chamemos assim. ;c)

Descobri o scrap na época em que estava grávida. Mas era o scrapbook “de verdade”, com papel, tesoura, fita e fotos reveladas. Uma verdadeira terapia. Passei sábados e domingos montando várias páginas, com fotos da descoberta da gravidez, dos aniversários da barriga, etc, etc. Mas, com Rafinha do lado de fora a coisa complicou e, por motivos óbvios, meu material foi ganhando teia de aranha. A solução apareceu quando a Malu me apresentou ao mundo do scrap digital. Que maravilha! Eu, que sempre amei mexer no Photoshop, tratar imagens e fazer montagens, passei a me deliciar com os kits que facilitam – e muito – a nossa vida. Troco muitas novidades com a Malu e acabei ganhando um hobby! Se eu tenho saudade do papel, faço os scraps em alta resolução e mando revelar em tamanho 15 x 21.

Posto isso, vamos ao que interessa!

1) Em primeiro lugar, é preciso usar um programa de tratamento de imagens. Eu uso o Photoshop. É claro que no começo a gente fica meio perdido sem saber o que fazer, mas o negócio é na tentativa e erro mesmo. Sempre busco tutoriais de novos efeitos ou dicas do programa na Internet. É só procurar no Google que a gente nunca fica na mão. Os comandos principais são conhecidos de todos, tipo arquivo => abrir / arquivo => imprimir. Mas, vamos por etapas:

Comece a catucar o Photoshop pra ir se familiarizando com o programa. Abra um arquivo novo (Arquivo => Novo => largura 21cm x altura 15cm ) e vá mexendo nas ferramentas da paleta da esquerda. Coloquei a descrição das funções das ferramentas que mais usamos aí do lado, pra facilitar. Sugiro tentar usar cada uma delas e testar como funcionam.

O tamanho de 15 x 21 é o que eu prefiro porque é o ideal pra mandarmos revelar.

2) O pulo do gato: as camadas! Agora que o photoshop já não é mais um bicho de sete cabeças, o principal é conhecer o conceito de camadas ou layers, que é o grande mistério do scrap digital. No exemplo do zoológico, vocês podem reparar que cada textura, foto, moldura e texto é uma camada diferente, que eu posso carregar de um lado pro outro individualmente. Na paleta da direita, opção “layer”, notem também que cada um desses “olhinhos” é uma camada visível.

Para escolher a camada que deseja alterar, basta clicar uma vez em cima dela na paleta da direita. Ou então, no seu arquivo, clicar em cima da camada em questão com o botão direito do mouse e a selecionar. Nessas horas, a ferramenta de seleção de camada (da paleta da esquerda) precisa estar selecionada. Se quiser “esconder” uma camada, basta clicar no olhinho que aparece ao lado dela na paleta. Outros detalhes você vai aprendendo aos poucos, sempre catucando… ;c)

3) Mas pra que usar camadas? Isso é respondido quando você conhece os bons e velhos “Freebies”, amados por 10 entre 10 scrappers. Tem gente que deve achar que eu crio absolutamente todos os elementos das montagens que faço. Certamente eu levaria dias, em vez de horas, pra fazer o “serviço”. Os sites especializados no assunto disponibilizam diversos kits gratuitos (os freebies) que já têm fontes, papéis, embelishments (embelezadores, se traduzirmos ao pé da letra) e outros detalhes que fazem dos nossos scraps coisas de outro mundo! Esse aí embaixo é um exemplo de kit. Vejam que cada papel colorido, cada fita ou qualquer outro elemento é uma camada diferente.

4) Quando já estiver à vontade pra arriscar no seu primeiro scrap, os passos são:

  • Escolha as fotos que deseja usar. Não devem ser muitas, no máximo 5 ou 6. O ideal é começar com poucas fotos, pra ir pegando a “manha”.
  • Decida o tema que deseja seguir (Ex.: Rafa no banho / Kit de banho). Se não tiver um kit com tema específico, escolha o que mais gostar.
  • Abra todas as fotos que vai usar e coloque-as em um tamanho menor (algo tipo 150px de altura) / abra um arquivo => novo => 15cm x 21cm / abra o kit que baixou ou os elementos que vai usar (nem sempre eles vêm em um único arquivo).
  • Repare que você terá vários arquivos abertos ao mesmo tempo. Se ficar enrolada sem saber como encontrá-los na tela, vá em janela => Documentos e uma lista deles vai aparecer. Ou então, minimize o arquivo, que os outros estarão embaixo, escondidinhos.
  • Agora, use a imaginação. Comece a arrastar as camadas (das fotos, do kit) pra dentro do seu arquivo novo (renomeie e vá salvando sempre). Para arrastar as camadas, use a ferramenta de seleção de camada, mantenha o botão esquerdo do mouse pressionado e clique em cima da camada que deseja arrastar e leve pro arquivo novo. O principal é você entender que está trabalhando com vários arquivos e pode ir trocando as camadas de um para o outro, arrastando com o mouse, até reunir tudo o que precisa no seu arquivo do scrap.
  • Agora é com você. Diminua o tamanho das fotos e das camadas e vá montando o seu quebra cabeças. Para isso, o melhor é usar o comando Edit => Free transform (não sei como aparece em português). O atalho é cntrl + t. Mantenha a tecla shift pressionada para ajustar o tamanho de uma imagem sem perder as proporções.

    5) Quando terminar, você deve salvar o arquivo em formato PSD, pra poder alterar as camadas depois, se quiser. Mas, é preciso salvar também em JPG, que é o formato de imagem mais utilizado. Se quiser publicar na Internet, a melhor opção é usar o comando salvar => salvar para web. Mas, se quiser revelar, use o “salvar como” e escolha e maior resolução possível, ok?

    Se eu fosse escrever aqui cada detalhe de como mexer nas fontes, usar efeitos, etc, etc levaria uns dois dias. Se vocês conseguirem seguir bem esses primeiros passos, prometo que aos poucos vou dando dicas separadas, tá? Quero receber scraps de todo mundo, pra eu ver como estão indo. Se tiverem dúvidas, deixem comentários, porque assim poderemos trocar informações entre todas.

    Há uma lista de sites de scrap com freebies aí nos nossos favoritos. Há também sites que vendem kits maravilhosos! Mas, só comprei meu primeiro kit quando já tinha alguma experiência no assunto. O melhor é ir praticando no melhor estilo “0800”.

  • Anúncios
    Deixe um comentário leave one →
    1. Adilise permalink
      fevereiro 13, 2009 8:30 am

      Olá, muito legal suas dicas, serão mto importantes p/mim, q estou começando agora, neste novo e ma-ra-vi-lho-so mundo….
      Estou ainda com uma duvida, baixei um freebie mas não estou conseguindo usá-lo, em qual arquivo devo salvar e trabalhar com ele? se puder me ajudar, agradeço.

    2. maio 25, 2009 9:12 am

      que bom que existem pessoas como vc dispostas a ajudar muito obrigada ,só que eu fuçando demais acabei apagando as ferramentas todas da lateral e não tenho ideia como eu faço pra elas aparecerem de novo me ajude por favor

      martha lima’s last blog post..estou na maior correria mas não podia deixar de postar algumas coisas que fiz rapidinho para o bazar cultural do centro flamenco da Bahia

    3. Patrícia permalink
      junho 3, 2009 3:26 pm

      Olá, muito legal a iniciativa de vocês, eu AMO scrap, e na verdade não tenho muito tempo para me divertir com eles, mas sempre que dá uma brecha…..
      nunca fiz nenhum curso, só vou fuçando no Photoshop,….mas as dicas de vocês ajudaram bastante…..

      Bjaum

      Adoro receber os post’s por e-amil…..
      Parabéns pelo site

    4. Marcia Giovana permalink
      julho 17, 2009 10:51 pm

      Olá.Gostaaria de saber se scrap digital é o mesmo que as mensagens que vemos em algumas comunidades do orkut(bom dia, boa tarde, bom final de semana, etc.). É porque quero criar uma comunidade de mensagens mas não sei como fazer essas mensagens. Já procurei bastante e esse foi o único site em que encontrei explicações passo a passo. Mas não sei se é isso que estou procurando.

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: