Skip to content

O propósito do scrapbooking

agosto 22, 2007
by

Você já parou pra se perguntar por que você faz scrapbooking? O texto de hoje é um convite à reflexão.

Eu vou falar de mim, como exemplo. Quando eu descobri o scrapbooking, eu me apaixonei de cara. Eu sempre adorei fotografia e quando vi que poderia enfeitar as fotos numa página, me encantei. Me sentia uma menina novamente, quando eu fazia minhas agendas, escrevia com canetas coloridas, era tarada por papelarias para comprar adesivos, e guardava recortes de revistas.

Dali em diante foi só empolgação. Comecei a inventar layouts e mais layouts, baixar toneladas de freebies (muitos eu ainda nem usei!), frequentar galerias para ter inspiração…

Mas por que eu fazia isso? Eu nunca tinha parado pra pensar.

Recentemente tenho lido muitos artigos sobre o scrapbooking, peguei alguns livros na biblioteca perto da minha casa e tenho me aprofundado no assunto. Eu li sobre o surgimento do scrapbooking, no século 19, nos Estados Unidos. Todos falam que o scrapbooking é uma forma de registrar momentos, contar histórias, que serão verdadeiros tesouros no futuro. Ou seja, o scrapbooking que você faz hoje pode ser uma diversão pra você ou um passatempo, mas vai ser um tesouro precioso daqui a muitos anos.

Imagina a sensação de um neto seu folhear suas páginas de hoje? De saber como era a sua vida hoje, ou como foi a vida dos seus pais, ou saber como era o seu estilo de vida, as coisas que você pensava, que você sentia, que você tinha como importantes na sua vida? Você está escrevendo a sua história para suas futuras gerações.

Quando eu parei pra pensar nesse assunto eu percebi como é importante a gente dedicar um tempo para planejar a nossa página. O que é que eu quero que meus netos e bisnetos saibam de mim?

Por isso que o journaling é uma parte fundamental do layout, assim como registrar de alguma forma a data e o lugar. Se você colocar só fotos com um fundo colorido, pode ficar lindo, mas qual história a página está contando? Eu sei que muita gente tem dificuldade de elaborar um journaling e a gente vai dar dicas sobre isso nas próximas semanas.

Então, toda vez que você sentar pra fazer um layout, se pergunte: O que eu quero com essa página? Que história eu quero contar? Pra quem? Você vai ver que daqui pra frente seus layouts vão ficar cada vez mais ricos e significativos para você e sua família.

***

PS: Muito obrigada pelo carinho de vocês! A gente está muito feliz com a inauguração do blog novo e só melhora com a participação de vocês!

PS2: Pra quem usa Internet Explorer versão 6, o template está apresentando probleminhas. Vamos tentar consertar isso em breve. Quem usa Firefox ou IE7 deve estar vendo tudo direitinho.

anapaula.jpg

Anúncios
22 Comentários leave one →
  1. viviane permalink
    agosto 22, 2007 5:20 pm

    Realmente, estou vendo o blog um pouco “tortinho”, mas está ótimo, mesmo assim. O seu post está ótimo, Ana, e é realmente assim que me sinto, uma menina escrevendo na agenda. beijo

  2. agosto 22, 2007 6:30 pm

    eu acesso o site com o navegador FLOCK (ele é o máximo!!!) e está tudo certíssimo!!!

    Ana, adorei isso de nos esforçarmos o enfatizarmos o valor do journaling!!! Eu ando me policiando, viu? Tento mudar mesmo, pois antes era só foto e foto!!!

  3. agosto 22, 2007 6:35 pm

    Ana Paula,
    Amei adorei o seu post e vc tem toda a razão em relacão aos LOS vou passar a olhar eles com outros olhos. Obrigado pelo post e ele e remete as minha agendas..rsrs com certeza.
    beijos.
    Obs:
    Ana Paula vou collocar um Link da minha página para o Blog, Ok? Achei Lindo o texto

  4. agosto 22, 2007 6:59 pm

    Nossa, realmente nunca havia parado para fazer esse tipo de reflexão sobre o scrap. Agora, essa arte se tornou ainda mais preciosa e importante para mim. Obrigada pelo excelente trabalho que vocês estão fazer neste blog. E aproveito para parabenizá-las pela nova casinha!!! Tá tudo muito lindo por aqui!!

    Bjocas!!!

  5. agosto 22, 2007 7:25 pm

    Ana eu já me vi olhando o álbum de scraps que fiz pro meu filho e as primeiras páginas além de medonhas não me dizem nada justamente por não ter um texto bacana!
    Sou péssima pra escrever, mas estou exercitando bastante isso e procurando registrar tudo com detalhes!

    Quanto a baixar freebies eu tenho tanta coisa no HD e em cd q baixei e nunca nem usei, acho q sou compulsiva por freebies 🙂
    Pior que já estou fazendo isso com os que ando comprando tbém muitas vezes compro e acabo não usando! 😦

    Ficou tudo lindo aqui e eu estou vendo tudo direitinho amei esse lay pretinho básico!

    Beijinhos!

  6. agosto 22, 2007 7:29 pm

    Eu nem tenho comentários… vocês sabem que eu levanto essa bandeira desde que conheço o scrapbooking. Como sempre participei de fóruns estrangeiros e sempre li publicações estrangeiras, tenho isso muito claro na mente… estou fazendo além de diversão para as pessoas que amo e para a posterioridade… o que quero lembrar daqui a um mês? O que quero lembrar daqui a 20 anos?

    ÓTIMA REFLEXÃO!!

  7. agosto 22, 2007 7:37 pm

    Ana, adorei o post!!! Um dos posts mais bacanas sobre scrpas que já li!!
    Ele disse exatamente ao que veio e ao menos em mim, tocou bem onde devia tocar, transmitiu o recado!!!
    Tb tenho mania de baixar freebies aos lotes e espero em breve ter vários motivos para utilizá-los!!!
    Amo muito tudo isso!!! rs.
    Bjks

  8. agosto 22, 2007 7:40 pm

    Ahhh… posso dar uma sugestão??

    No meu blog tô divulgando uma campanha de iniciativa do Blog Action Day. Que tal fazer o desafio de outubro com o tema Meio Ambiente e postar exatamente no dia 15?? Acho que ia ser o máximo!! Aderir à campanha sem perder o foco do blog!! Deixei tudo bem explicadinho lá no meu cantinho. qualquer coisa estamos aí!!!
    Bjks

  9. agosto 22, 2007 8:51 pm

    Ana…

    Adorei o post!!! =)
    Eu mesma preciso melhorar meus textos, amo fazer LOs, porém quando chega no journaling, só por Deus mesmo!!!! ahahaha.. 😉

    Gracias pelas dicas!!! =D
    Bjos.. =***

  10. agosto 22, 2007 8:58 pm

    Fiquei super ocupada,mas voltei!!!!!!!!! Amie a casa nova, e logo logo vou fazer um freebie pra galera!
    Bjks

  11. agosto 22, 2007 10:31 pm

    Sem esse propósito o Scrapbook não teria tanto sucesso como tem hj, na verdade não teria nem graça. O problema está no colocar as palavra no papel…mas como tudo que é lindo mede um tanto de esforço, não custa nada. Mas também sou da opinião que um título muitas vezes é mais que o suficiente…não é mesmo?
    beijocas!!!

  12. Érica Ambrosio permalink
    agosto 22, 2007 10:59 pm

    Eu não sei porque faco Scrapbook. Por que eu só fiz umas cinco páginas para mim. Todas as outras são para três amigas. Eu acho que eu faço pelo prazer de ver meus amigos felizes.

  13. agosto 22, 2007 11:51 pm

    Esse post foi realmente esclarecedor pra mim! Estou fazendo o álbum da minha filha (muito atrasada pq ainda estou no de 1 ano e ela já vai completar 3…) e não sabia como fazer: se PARA ela ou SOBRE ela. Resolvi contar a história para ela, e a partir daí fica mais fácil fazer os journalings. E foi bom ler esse post pq me ajuda em outras páginas que vou fazendo.
    Valeu msm!

  14. Harumi permalink
    agosto 23, 2007 1:10 am

    Concordo completamente com você a respeito de deixar registrado na página o que aconteceu para que futuramente a gente mesmo não esqueça. É isso que me encanta no scrapbook.
    Amei o post.
    Beijos.

  15. agosto 23, 2007 2:45 am

    Quando eu achar que estou meio craque, vou começar fazer minhas páginas para revelar também. Fico imaginando até eu velhinha vendo as páginas e lembrando dos momentos.. dá até arrepio. Eu já amo fotos, assim então fica melhor ainda!
    Aqui estou vendo tudo certinho, uso o firefox e está tudo lindo. Estou adorando o novo visual. Beijos meninas

  16. agosto 23, 2007 2:46 pm

    De fato, foi um dos posts mais reflexivos que já li sobre scrapbook…
    Valeu muitíssimo pela dica!
    Bj meninas!

  17. agosto 23, 2007 2:50 pm

    Bárbaro esse post! Ainda não cheguei nessa etapa… tenho feito scraps para montar álbuns virtuais, então tenho colocado basicamente fotos e o nome. Sem falar nos desafios, né? rsrsrs Mas dependendo do propósito, o journaling é essencial mesmo. Eu AMO escrever, então não acho que terei dificuldades quando começar a viajar nas fotos que ainda preciso scannear!!! rsrsrs

    Beijos!!!

  18. agosto 23, 2007 4:38 pm

    Olá meninas! Amei demais esta nova carinha do scrapblog! Eu estava parada com os scraps, mas agora com PC novo e com esta ajuda que vocês dão, estou com lil idéias na cabeça!!! Posso dar uma sugestão? Fazer um post sobre ORGANIZAR fotos, kits e etc… Eu estou tentando me organizar, mas os kits não sei se organizo por tipo, por cor, por designer….se deixo na máquina, se guravo em dvd/cd ou pen drive… Please dêm estas dicas!!! Um abraço e muito sucesso!!!

  19. agosto 23, 2007 4:45 pm

    Mic! Achei no arquivo as dicas sobre organização!!! Ótima por sinal!!! Um grande beijo!!!

  20. Marcela permalink
    agosto 23, 2007 6:02 pm

    Amei esse post Ana Paula. Comecei a fazer scrap justamente para guardar os bons momentos da minha filha, que agora está com um ano e dois meses. Ao contrário de muita gente, eu adoro escrever… Penso sempre no que aquele momento representou e como eu gostaria de poder contar para ela exatamente como tudo aconteceu. Fazer scrap é a minha forma de guardar memórias para minha filha, que é minha grande inspiração.

Trackbacks

  1. Qual o propósito do scrapbooking «
  2. Índice para iniciantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: